CS 2017: CTG–Rio Paranapanema S/A (Duke) apresenta proposta final, mas depende de aval da Chiva

Aconteceu nesta sexta-feira (9), a segunda rodada de negociação da Campanha Salarial 2017 entre o Sinergia CUT e a CTG – Rio Paranapanema (antiga Duke). Na ocasião, a empresa apresentou a seguinte proposta:

 

  • Reajuste dos salários: IPCA + 0,5% de Aumento real;
  • Reajuste de Benefícios: IPCA;
  • Participação do trabalhador no VA: R$ 1,00;
  • Vigência: 2019;
  • PLR 2018: será discutida 60 dias após a assinatura do Acordo;
  • Gerenciamento de Pessoal: Mantém 6% de rotatividade.

Agora, as maldades:

  • Gratificação de férias: Passa a pagar somente a lei (1/3). O praticado hoje é um valor fixo de R$ 2.718,00 + 40% do salário);
  • Verba de Mérito e Promoções: extingue a clausula. Hoje a verba é de 1,5%.

Essa essa proposta foi rejeitada.

Proposta final

Após um tempo, a empresa retornou com sua proposta final:

  • Reajuste dos salários: IPCA + 0,5% de aumento real;
  • Reajuste de benefícios: IPCA;
  • VA/VR: passa para R$ 1190,00 com participação do trabalhador de R$ 1,00;
  • Vigência: 2019;
  • PLR: 2018 será discutida 60 dias após o fechamento do Acordo;
  • Gerenciamento de pessoal: Mantém 6% de rotatividade;
  • Gratificação de férias: Mantém o praticado (fixo 40% do salário);
  • Verba de mérito e promoções: mantém a cláusula.

A empresa informou que tem o aval local para a proposta. Tão logo tenha a aprovação da China, os representantes locais comunicarão oficialmente ao Sindicato que submeterá a proposta a apreciação dos trabalhadores.

Resistir para Conquistar!