CS 2017: Em nova rodada, Biolins encaminha proposta para análise dos trabalhadores

Em rodada realizada no último dia 27 de junho, a Biolins reiterou as dificuldades pela qual  o Grupo JBS atravessa neste momento com a grande redução na produção do frigorífico, bem como que a cogeração está vendendo no mercado

Diante disso, a  Biolins propôs reajustar os salários e benefícios pelo ICV DIEESE em 3,26%.

Detalhe: sem aumento real.

Na questão da PPR, a empresa insistiu na inclusão dos três novos indicadores com suas metas acima da média para o seu atingimento, o que traria uma redução no valor recebido em relação ao ano passado.

O sindicato rejeitou a proposta, iniciou o debate e argumentou que além da inflação do período as pautas dos trabalhadores deveriam ser contempladas.

No caso da PPR o sindicato rejeitou a proposta anterior onde reduzia o valor fixo que garantia o pagamento sem indicadores e metas de R$ 400,00 para R$ 250,00 e, apesar do montante final aumentar para R$ 500,00, condicionava metade dessa grana ao atingimento dos três indicadores o que na prática poderia reduzir o valor comparado ao pago do ano passado.

Após muito debate a empresa concordou que pelo menos a PLR seja igualada, porém, argumentou que para este ano não conseguiria atingir o mesmo valor do outro Ramo, sendo possível avançar para este objetivo na próxima database. Insistiu em manter os R$ 500,00. Na discussão foi possível melhorar na manutenção dos atuais R$ 400,00 fixos sem indicadores ou metas e acrescer o valor de R$ 276,00, metade da diferença paga para o Ramo da alimentação (R$ 952,00 – R$ 400,00 = R$ 552,00/2 = R$ 276,00).

A melhora significativa de 69% no valor da PPR foi condicionada a introdução de indicadores e metas. O valor pode crescer caso sejam superadas estas metas, daí o valor seria 20% maior, ou seja, além do R$ 400,00 fixos teríamos mais R$ 331,20 totalizando R$ 731,20 com um valor superior de 82,8% em relação ao do ano passado.

 Cartão Alimentação

O benefício de Alimentação está muito aquém para os Energéticos eo sindicato tentará garantir por escrito este compromisso verbalizado na mesa de negociação.

Após discussão, aconteceu a proposta final: Reajuste nos salários e todos os demais benefícios: 3,99 % (ICV DIEESE 3,26% + 0,70% Aumento Real).

O Sindicato fará assembleias para analisar a proposta encaminhada pela empresa. Fique ligado!