ESOL: Resultado da audiência de conciliação

Justiça do Trabalho faz proposta às partes e estado de greve é mantido. Próxima audiência  em 14 de março

Graças à bem sucedida greve dos trabalhadores da Energisa Soluções/Construções (ESOL) nos dias 19 e 20 deste mês, o desembargador vice-presidente Edmundo Fraga Lopes apresentou nesta quarta-feira (28) durante a audiência de conciliação, no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em Campinas, a seguinte proposta às partes:

  1. Reajuste de 2,63% nas cláusulas econômicas;
  2. O custeio do plano de saúde dos dependentes, reajustado em 10,18% seria parcialmente assumido pela empresa de forma que somente 5,09% de reajuste impactasse o trabalhador;
  3. A forma de fornecimento da refeição seria otimizada a fim de evitar o perecimento dos alimentos e a melhor qualidade dos mesmos; reajuste do vale alimentação para R$ 385,00;
  4. As partes negociarão de boa fé em encontros diretos, em especial reunião já designada no Ministério do Trabalho;
  5. Mantido o estado de greve, o Sindicato e trabalhadores se comprometem a não reiniciarem o movimento grevista até a próxima audiência, no dia 14/03/2018, às 14h30.

Por isso, o Sindicato realiza nesta quinta (1º de março) assembleias informativas. Fique ligado!

*** Clique aqui saiba mais sobre a luta dos trabalhadores da ESOL