Empreiteiras da Elektro: três mortes em dois dias

27 março 14:03 2005

O Sinergia CUT continua acompanhando de perto as investigações que apuram a morte de três trabalhadores de empreiteiras que prestam serviço à Elektro em dois acidente fatais que aconteceram em apenas 48 horas. O primeiro acidente aconteceu no último dia 18 em Ilha Comprida, Regional de Itanhaém. Depois de realizar uma troca de postes, dois trabalhadores de Linha Viva esbarraram as unidades trocadas na rede primária durante manobra para colocá-los no caminhão de transporte. Os dois morreram eletrocutados.


O outro acidente aconteceu no dia seguinte, envolvendo um trabalhador da empreiteira Barra, que presta serviços para a Elektro em Rio Claro. Também numa manobra, o poste em que o chefe de turma realizava serviços caiu sobre o trabalhador, que morreu esmagado. O Sinergia CUT exige apuração rigorosa de responsabilidades nos dois acidentes fatais e reivindica providências urgentes da direção da Elektro em relação à política de saúde e segurança dos trabalhadores das empreiteiras. Porque vidas não têm preço.

  Categorias: