Carta Compromisso Gestão 2005-2008

09 maio 00:30 2005

‘ Sabemos hoje que um outro mundo é possível. Um mundo de igualdade de direitos, democracia, respeito, liberdade e solidariedade. Um mundo de vida mais justa, mais digna, com empregos, distribuição de renda, melhores condições de trabalho e conquista de qualidade de vida. Um mundo de respeito à diversidade, de responsabilidade social de fato, de cidadania plena.


Um mundo que está em construção há tempos, sempre regado pelo suor e às vezes pelo sangue de gente disposta a travar o bom combate. Gente que tem em comum a capacidade da solidariedade fraterna e da indignação diante de injustiças.


Transportando esse novo mundo possível para o movimento sindical, vale destacar que o exercício cotidiano da solidariedade requer não só o compromisso com a luta, mas também uma dedicação e uma persistência testadas a cada dia. Disciplina, firmeza, garra, combatividade e seriedade no cumprimento das tarefas assumidas são qualidades essenciais que devem ser perseguidas diariamente para quem se propõe a assumir o papel de dirigente sindical. Qualidades que vão garantir uma atuação eficiente e, consequentemente o respeito entre os trabalhadores de base.


É por isso que, conscientes da importância do nosso papel e coerentes com os princípios cutistas e a história do Sinergia CUT que nós, dirigentes eleitos para o mandato 2005-2008, reiteramos nossos principais compromissos, firmados durante a campanha eleitoral e agora transformados em eixos de atuação prioritária:
o defender emprego, salário e renda;
o lutar pela liberdade e autonomia sindical enquanto instrumento essencial para a construção da cidadania;
o consolidar o projeto Sinergia CUT;
o combater todas as formas de precarização do trabalho e de discriminação no ambiente profissional ou pessoal;
o avançar na organização nos locais de trabalho;
o lutar contra a privatização e pelo controle social da energia;
o defender os fundos de pensão e planos de assistência médico-hospitalar;
o e lutar pela qualidade da energia que garante a qualidade de vida e a conquista da cidadania.


Para tanto, nosso foco de atuação sindical será reforçado por princípios radiciais de transparência, ética, solidariedade, democracia e classismo, e nosso programa de gestão será praticado com coerência, respeito, confiança e esperança de contribuir para a construção desse outro novo mundo possível.


Reiteramos ainda nossa total disposição de luta, disponibilidade pessoal para priorizar as atividades do Sindicato e empenho total para despertar na categoria a consciência da necessidade de unidade para defender direitos e garantir conquistas. Porque, junto com a nossa indignação, deve estar sempre nosso compromisso com a unidade.


Cada um de nós é muito importante enquanto indivíduo, mas é na ação coletiva que vamos vencer a força poderosa dos nossos adversários. É exatamente no coletivo que está a força imbatível da nossa energia para a luta por direitos imediatos e históricos da classe trabalhadora. Isso é sinergia. Esse é o nosso compromisso. E é o que faz toda a diferença de ser Sinergia CUT.


Ibitinga, 30 de abril de 2005.’

  Categorias: