Comgás apresenta proposta final

08 agosto 15:50 2005

Em duas rodadas realizadas com a direção da Comgás esta semana, o Sinergia CUT mostrou que há possibilidade de avanço também quando se tem capacidade de negociação.


Na rodada da última terça (12), a empresa apresentou uma proposta de reajuste de 8% nos salários e benefícios. Além disso, propôs a criação de uma Comissão de Negociação para o Plano Previdenciário e Odontológico (PLAP). Mas a proposta não contemplava a reivindicação de aumento real aos trabalhadores e por isso foi rejeitada pelo Sinergia CUT.


Nova rodada aconteceu no dia seguinte, quarta (13), quando a empresa apresentou avançou na econômica que agora chegou em 8,5% nos salários e benefícios. A empresa também concordou com o reajuste de 5% no valor fixo da PLR, com o pagamento da primeira parcela – R$ 1.700 – em setembro próximo. A validade do ACT seria por dois anos.


O Sinergia CUT encaminhará a proposta para discussão e deliberação dos trabalhadores em assembléias na próxima semana. Participe. Não abra mão de participar dessa decisão.

  Categorias: