Flagrante de falta de segurança em Andradina

08 agosto 15:51 2005

O gerente Regional da Elektro em Andradina vem atuando na contramão do bom trabalho desenvolvido pelo Departamento de Saúde e Segurança da empresa. Essa é a opinião dos dirigentes do Sinergia CUT que no início desta semana flagraram o gerente em duas práticas irregulares em um só dia.
Primeiro, o Regional quis mandar a campo um eletricista que acabou de passar por cirurgia na coluna. Além da limitação física do trabalhador, ignorou até o atestado da própria empresa que aponta restrição médica por 15 dias.


Depois, suspendeu a Conversação de Segurança que acontece semanalmente e mandou o pessoal ir direto para o campo. Motivo alegado: a ‘demanda excessiva’ depois do fim de semana prolongado pelo feriado municipal de 11 de julho. Pergunta: não são exatamente os casos de demanda excessiva que exigem uma boa conversa com os trabalhadores, alertando para as possibilidades de risco e tranqüilizando para o bom desempenho das atividades? Com a palavra, a direção da Elektro.

  Categorias: