Sindicato rejeita proposta da AES Tietê na mesa

08 agosto 20:43 2005

Reajuste de 4, 15% nos salários e benefícios e validade do Acordo Coletivo até 2007. Foi só isso que a direção da AES Tietê propôs ao Sinergia CUT durante a rodada de negociação desta quarta (08), em São Paulo.


A proposta foi recusada na mesa porque está muito aquém das reivindicações dos trabalhadores e muito longe do que a empresa pode oferecer depois dos ótimos resultados econômicos alcançados no último período.


Os números não deixam dúvidas: queda de 4,80% no endividamento em 2004 e aumento de 53% no lucro líquido do primeiro trimestre de 2005. Disso não dá para abrir mão. Nova rodada está marcada para o próximo dia 14, terça da semana que vem.

  Categorias: