CESP e CTEEP: é greve no dia 8 de agosto

09 agosto 00:41 2005

Em assembléias realizadas em todos os locais de trabalho de trabalho da CESP e da CTEEP durante esta semana, os trabalhadores das duas empresas aprovaram o Plano de Luta para pressionar avanços na mesa de negociação. O Plano prevê paralisação de 24 horas no próximo dia 1o e greve por tempo indeterminado a partir do dia 8 de agosto. É a resposta dos trabalhadores ao  impasse criado pelo governo Alckmin e a direção das empresas que interromperam as negociações, desmarcando as últimas rodadas com a justificativa de que não tinham nada de novo a apresentar.  A última proposta foi de 7,71% de reajuste nos  salários e benefícios, verba de 2% da folha nominal para o PCS, vigência do ACT até maio de 2006 e Gerenciamento de Pessoal com garantia de emprego para 98% do quadro próprio.


O Sinergia CUT não abre mão de aumento real, prorrogação do Acordo e Polìtica de Emprego que proporcione segurança aos trabalhadores nesses tempos de pré-privatização.

  Categorias: