Copom é uma grande decepção

15 setembro 22:57 2005

O Conselho de Política Monetária (Copom) reduziu em apenas 0,25% a taxa Selic, que passa a ser agora de 19,5%. A expectativa do mercado era de que a queda fosse de pelo menos um ponto percentual. Com isso, os números positivos registrados pela economia brasileira nos últimos meses ganhariam um combustível a mais para auxiliar no combate ao desemprego e no aumento da renda. Não dá para negar, no entanto, que a decisão pelo menos interrompe uma seqüência de constantes aumentos na taxa Selic, que prejudicaram a concessão de crédito e investimentos nas empresas.

Infelizmente, a ala conservadora do Banco Central imagina repiques inflacionários em uma conjuntura que mostra uma tendência contrária. No final, a sociedade precisou se contentar com uma queda insignificante. Uma pena, mas o Conselho não ouviu o clamor da sociedade. Lamentável.

  Categorias: