Sindicalistas do PT participam de ato de apoio e filiação em massa

28 outubro 14:19 2005

Sindicalistas de todo o Brasil estão participando de ato político de apoio e de filiação em massa ao Partido dos Trabalhadores (PT), o que deve inaugurar uma nova etapa na atuação da militância sindical na vida partidária. São lideranças e militantes do movimento sindical, filiados ou simpatizantes do PT, que fizeram um manifesto com mais de 1.500 assinaturas e que já foi entregue ao novo presidente do Partido. O ato está acontecendo desde as 18h desta quinta-feira (27), na Quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo. 

No manifesto, os sindicalistas defendem o Partido como patrimônio dos trabalhadores e afirmam que é preciso reagir ao ataque enfrentado pelos diversos quadros do PT, sem deixar de apurar denúncias e punir os culpados. Resgatam também a história e a importância dos sindicatos  e dos movimentos sociais na construção do PT e a necessidade de intensificarem sua atuação na reformulação do partido.
‘Com o passar do tempo, esse vínculo perdeu a força, burocratizou-se em setoriais sem voz nem peso, até converter-se, muitas vezes, em mero discurso vazio’, ressalta o documento intitulado ‘Convocação aos Sindicalistas’, que é assinado também por vários dirigentes do Sinergia CUT.  Os signatários defendem a reeleição de Lula, mas apontam a necessidade de reformulações na política econômica. Durante o ato, o manifesto será apresentado ao público em geral.

Dezenas de sindicalistas vão se filiar ao PT, entre eles José Lopez Feijóo , presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Até hoje, ele não fez parte dos quadros do Partido porque achava que era mais importante se dedicar  exclusivamente à militância sindical. Mas mudou de idéia: ‘A necessidade de reforçar o PT neste momento. Para cada um que sair do partido, vamos filiar outros 10.  O PT é a base. A base, os sindicatos e os movimentos sociais são a alma do Partido e não apêndice. E nós não vamos desistir da luta para tornar este país mais justo’, garantiu Feijóo. 

  Categorias: