Passeata de abertura do FSM rechaça o terrorista nº 1

25 janeiro 15:33 2006

Um mar de bandeiras, faixas e cartazes em defesa da soberania nacional, da integração solidária e da auto-determinação dos povos tremulou terça-feira (24), na passeata de abertura do VI Fórum Social Mundial, em Caracas, contra a política de agressão, pilhagem e crimes do governo norte-americano.


O cartaz assinado pela Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS) do Brasil ganhou destaque na manifestação: ‘Bush assassino!’, com o semblante do ‘terrorista nº 1’ estampado com o já tradicional bigode hitlerista. ‘A acolhida que teve o cartaz reflete o isolamento da política de Bush para o Continente e para toda a Humanidade. Lutamos por um mundo de paz e justiça, de diálogo e construção, o que é a negação da política de terrorismo de Estado implementada por Bush’, declarou o secretário nacional de Comunicação da CUT e dirigente da CMS, Antonio Carlos Spis.


Para o estudante venezuelano Miguel Urdaneta, ‘as constantes violações aos direitos humanos em todo o planeta, seja no criminoso bombardeio a Bagdá ou financiando os golpistas em nosso país, demonstram que Bush é o principal terrorista, um inimigo de todos os povos amantes da liberdade’. Urdaneta lembrou que neste momento o governo estadunidense está abrigando o criminoso Posada Carriles, com um histórico de colaboração com as ditaduras militares do Cone Sul e participação direta na explosão de um avião cubano que matou dezenas de pessoas.


Bandeiras palestinas e iraquianas, camisetas com a estampa legendária de Che Guevara ou com a do presidente Chávez podiam ser vistas durante todo o percurso da marcha, que teve início nas proximidades do metrô Cidade Universitária e terminou no Parque dos Próceres. Ali, um imenso obelisco homenageia a todos os patriotas que lutaram na guerra de independência do colonialismo espanhol. Entre os principais generais, um brasileiro ilustre: José Inácio de Abreu e Lima, símbolo da integração Brasil-Venezuela, e que passará a nomear a refinaria binacional que será construída em sua terra natal, Pernambuco.

  Categorias: