Mais três anos de garantia de emprego na CTEEP

10 fevereiro 18:45 2006

Os trabalhadores da CTEEP participam na próxima semana das assembléias para aprovação de acordo negociado entre o Sinergia CUT  e a empresa para a manutenção da garantia de emprego por mais três anos. A Secretaria de Energia e o Conselho Deliberativo do PED autorizaram a empresa a negociar os três anos de acordo. 


Porém, nas primeiras conversas com o Sindicato, a empresa esclareceu que a aprovação estava limitada à cláusula de Gerenciamento de Pessoal. O que não deixa de ser uma grande conquista, num momento delicado na vida dos trabalhadores, por conta do clima pré- privatização.


Garantia de emprego até 2009 nada mais é do que o resultado da luta dos trabalhadores e uma grande vitória para aqueles que, nos dias 19 de dezembro e 10 e 11 de janeiro passados, intensificaram a mobilização e fizeram greve em toda a CTEEP.


Agora, Sindicato e empresa discutem a redação para a cláusula de Gerenciamento de Pessoal  de forma a garantir juridicamente o emprego dos trabalhadores até 31/05/2009. A CTEEP já iniciou conversações com os demais sindicatos para agilizar o processo e para que o texto fique pronto o mais rápido possível.


Por isso, a Audiência de conciliação no TRT de Campinas, referente ao processo de julgamento da greve da CTEEP, que deveria ter ocorrido no último dia 08, foi adiada para o próximo dia 23.


As assembléias em toda a base da CTEEP acontecem de segunda (13) a sexta (17) da semana que vem, para deliberação dos trabalhadores. Caso o acordo de emprego por mais três anos seja aprovado, a próxima batalha do Sindicato será o não desconto das horas paradas. Diante da retomada do processo de venda pelo governo, durante as assembléias o Sindicato vai propor também a retomada do Plano de Luta contra a Privatização, com possibilidade de greve por tempo indeterminado a partir do dia 13 de março próximo. Participe!

  Categorias: