MANIFESTO DE APOIO

03 março 18:09 2006

Um dos maiores desafios do próximo período será, certamente, consolidar um projeto de desenvolvimento nacional sustentado, com soberania e participação popular, ampliando as conquistas já obtidas neste último período, no Brasil e na América Latina. Conquistas que para nós, urbanitários, traduziram-se na luta contra as privatizações desenfreadas empreendidas pelo governo FHC dos serviços de energia, água e saneamento básico. Nesse processo, a CUT teve e continuará tendo papel preponderante e coordenador.  Portanto, deverá assumir sua condição de maior central sindical do país e 5ª Central mundial, exercendo, efetivamente, um papel negociador, comandando as ações de mobilização e negociação que se farão necessárias.


Essa é a CUT que queremos: cada vez mais combativa, na perspectiva da construção de uma sociedade democrática e socialista. Adotar uma estratégia sindical, disputando hegemonia no movimento sindical brasileiro, e demarcando sua posição em meio às inflexões à direita e aos devaneios esquerdistas.


É por isso, que entendemos e reivindicamos a renovação de corações e mentes, de homens e mulheres, das estruturas de direção, a adoção de um projeto político-organizativo que contemple o fortalecimento dos Ramos e Estaduais da CUT, a ampliação da base de representação, em especial para novos segmentos, como o setor informal. Também potencializar a organização da juventude, mulheres e aposentados. Que amplie sua relação com os movimentos sociais, numa perspectiva de construção desse projeto de desenvolvimento, aliando o debate dos grandes temas nacionais às mobilizações de massa. E também, promova a necessária unidade interna, através de uma gestão democrática e compartilhada, adotando mecanismos de planejamento e gestão, informação e comunicação mais ágeis e eficientes assim como a articulação com os ramos e as estaduais da CUT.


Por tudo isso, nós, Urbanitários da Articulação Sindical, em Plenária realizada em São Paulo, no dia 08 de fevereiro de 2006, definimos pelo apoio e conclamamos todos a indicar Artur Henrique para assumir essa grande e imperiosa tarefa de dirigir os rumos da Central Única dos Trabalhadores, na Presidência Nacional, na gestão 2006-2009.


São Paulo, fevereiro de 2006.



1. José Eduardo de Siqueira Campos – Presidente da Federação Nacional dos Urbanitários – FNU/CUT
2. Djalma de Oliveira – Presidente do SINDGASISTA, SINERGIA CUT e diretor FNU/CUT
3. Wilson Marques de Almeida – Presidente do Sind. Eletricitários de Campinas – STIEEC
4. Magno dos Santos Filho – Presidente do SINTERGIA RJ
5. Manoel Henrique de Almeida – Presidente do SINDELETRIC PB
6. Jesus Francisco Garcia – Tesoureiro FNU e diretor SINERGIA CUT
7. Franklin Gonçalves – diretor SINDIELETRO MG e FNU/CUT
8. Lucio Guterres – diretor SINDIELETRO MG e CUT MG
9. Tadeu Coimbra Bessa – diretor STAECNON Campos – RJ
10. Raimundo Coutinho Sobrinho – diretor SINDAE BA e diretor FNU/CUT
11. Antonio Emilson Almeida de Carvalho – diretor  SINDAE BA e Secretário Saneamento FNU/CUT
12. Pedro Romildo Pereira dos Santos – Coordenador Geral do SINDAE BA
13. Fernando Pereira – Presidente STIU MA
14. Maria José Serra Pinheiro – diretora STIU MA
15. Maria de Lourdes Monteiro – diretora STIU MA
16. José Braga Neto – diretor STIU MA
17. José do Carmo Vieira de Castro – diretor STIU MA
18. Vaner João Almeida – diretor STIU MA
19. Itaci Rocha Silva – diretor STIU MA
20. Válber Mota Cardoso – diretor STIU MA
21. Francisco Ferreira Pinto – presidente SINTSAMA RJ
22. Eliane Teixeira – secretária geral SINTSAMA RJ
23. Alex Pereira Bastos – diretor SINTSAMA RJ
24. Cláudia M. Z. Bairão – Diretora SINTAEMA SP
25. Anali M. de Campos – diretora SINTAEMA SP
26. Ângela M. O. Souza – Diretora SINDIELETRO MG e FNU/CUT
27. Geilson Pereira – SINTERGIA RJ e Secretário Geral FNU/CUT
28. Otávio Pinheiro – diretor STIU PA
29. Carmem Regina Rocha de Lima – diretora  STIU PA
30. Adelmo Dias – diretor STIU PA
31. Bianor Pena – diretor STIU PA
32. Cosme Teixeira – diretor STIU PA
33. David Teixeira – diretor STIU PA
34. Deusvane Machado – diretor STIU PA
35. Guilherme Góes – diretor STIU PA
36. Luiz Alberto – diretor STIU PA
37. Luiz Gonzaga – diretor STIU PA
38. Mauro Tavares – diretor STIU PA
39. Olivaldo Barbosa – diretor STIU PA
40. Paulo Sizo – diretor STIU PA
41. Pedro Blois – diretor STIU PA
42. Raimundo Paiva – diretor STIU PA
43. Ronaldo Romeiro – diretor STIU PA
44. Rosaly Salgado – diretora STIU PA
45. Rousinvert Francez – diretor STIU PA
46. Vinicius Darlan – diretor STIU PA
47. Wanirto Macedo – diretor STIU PA
48. André Ricardo Monteiro de Melo – Presidente STIU Pernambuco
49. Edvaldo Gomes de Souza – diretor Sind. Urbanitários PE e FNU/CUT
50. Luiz Gonzaga Ulhôa Tenório – diretor SINTERGIA RJ e FNU/CUT
51. Rogério Batista Pantoja – diretor STIU AP
52. Paulo de Tarso G. Brito – SINERGIA BA
53. Josemar Alves de Souza – SINERGIA BA
54. Raimundo Lucena Maciel – SINERGIA BA
55. José Cabral de Moura – SINERGIA BA
56. José Carlos Pigatti – diretor SINERGIA ES e presidente CUT ES
57. Roberto Figueiredo Rangel – SINERGIA ES
58. Lauro Eduardo M. Xavier – STIPDAENIT Niterói – RJ
59. Silvia Ferreira de Oliveira Pinheiro – presidenta SINDUR RO
60. Gilvana Maria Noleto Barros – diretora SINDUR RO
61. Carlos Roberto de Souza – SINDAE Cps
62. Claudeir Fernandes – presidente STEE Maringá e Região NO do Paraná
63. Jonas Braz – diretor STEEM
64. Dirlei Aparecido Henriques – diretor STEEM
65. Sergio Alexandre dos Santos – diretor STEEM
66. César Alexandre dos Santos – diretor STEEM
67. Gentil Teixeira de Freitas – secretário geral SINERGIA CUT/SP
68. Marcelo Renato Fiório – tesoureiro SINERGIA CUT/SP
69. Deise Aparecida Capelozza – secretária geral SINDGASISTA
70. Artur Risso Neto – tesoureiro SINDGASISTA
71. Edmar Feliciano – diretor Sind. Eletricitários Presidente Prudente – SP

  Categorias: