‘Mulheres de A a Z’ é o primeiro livro de Otto Augusto Sievert

13 março 18:10 2006

Otto Augusto Sievert, trabalhador da EMAE em Cubatão e filiado ao Sinergia CUT, escolheu o mês de março para lançar seu primeiro livro. Não foi por acaso. ‘Mulheres de A a Z’ relata os mais variados sentimentos femininos através de 26 histórias: de Ana a Zélia, passando por todas as letras do alfabeto.


A apresentação relata que cada uma dessas histórias emociona o leitor de maneira diferente. ‘Com pitadas de lirismo, ternura e bom humor, o livro revela as mais diversas reações e atitudes do universo feminino em suas variadas nuances, captadas com rara sensibilidade pelo autor’.


As histórias partem de fatos do cotidiano e descrevem mulheres de distintas vivências, num estilo que alia simplicidade e refinamento. Alternando rítmos e temas, Otto dá um colorido próprio às personagens principais, desenhando um painel da alma feminina, buscando sempre aliar sensibilidade à coragem de enfrentar os fatos da vida. ‘São 26 letras que escrevem todas as histórias do mundo.


‘Mulheres de A a Z’ foi lançado no último dia 7, véspera do Dia Internacional da Mulher, no Paço Municipal de Cubatão, como ‘um mergulho no universo feminino’. O livro pode ser encontrado em bancas do Centro e do Jardim Casqueiro – do Ivo, do Arlindo e do Edson – e na Papelaria Papéis Mil, em Cubatão. Leitores de outras cidades podem ligar para (13) 3361-4583.  

  Categorias: