Palestra prepara intervenção do Sinergia CUT na Lei do Gás

22 março 18:34 2006

O Sinergia CUT deu mais um passo para preparar a sua intervenção na formulação de uma lei para o setor do gás. No Sábado (18), o professor da Universidade de São Paulo, Ildo Sauer, que também é diretor de Petróleo e Gás da Petrobras, foi o convidado da entidade para proferir a palestra ‘O Gás Natural no Brasil, uma perspectiva de avanço social’, ocorrida no Hotel Massis Five Stars, em São Paulo.


O professor, uma das maiores autoridades no assunto, foi didático ao explicar os diversos aspectos e a complexidade de pontos que envolvem a exploração, a distribuição e o mercado do gás no Brasil. Mas também foi bastante firme e claro ao defender sua posição e a da Petrobras contrárias ao projeto de lei elaborado pelo senador Rodolpho Tourinho (PFL-BA).


Para o professor, o projeto atenta contra o interesse público ao abrir a possibilidade de utilização das tubulações já instaladas pela Petrobras por quaisquer outros operadores, além de reduzir o monopólio da empresa. Segundo ele, trata-se de uma proposta que não preserva os investimentos já realizados, facilitando a exploração desse negócio por empresas que estariam desobrigadas a realizar os investimentos necessários para o desenvolvimento pleno do setor.


O palestrante destacou, ainda, que o mercado nacional não atingiu o estágio de maturidade, o que requer um direcionamento do estado para que o uso do gás venha a se desenvolver como já ocorre em outros países.


O evento, que contou com a presença de deputado estadual Adriano Diogo (PT/SP) e de vários técnicos, além de dirigentes e trabalhadores, foi o primeiro de uma série, em que outros pontos de vista ainda serão ouvidos para que a direção do Sinergia CUT possa formular uma proposta que contemple as suas preocupações corporativas com a defesa dos interesses dos trabalhadores do setor energético e da sociedade em geral. 

  Categorias: