Sinergia CUT traça estratégia da Campanha Salarial 2006

28 março 14:22 2006

O Sinergia CUT realiza a Oficina de Estratégia da Campanha Salarial 2006 nesta terça (28), quarta (29) e quinta (30) na sede da macrorregião de Campinas. Em debate estarão os cenários econômico nacional e do setor energético e os balanços das empresas com data-base em junho, além de Furnas, que tem data-base em maio. Durante o encontro serão definidos as principais reivindicações dos trabalhadores, os eixos prioritários da campanha e o plano de luta para garantir aumento real, salário e renda, emprego, qualidade de vida e da energia, liberdade e autonomia sindical.


A Oficina envolve as negociações do Sindicato para renovação do Acordo Coletivo com empresas de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica e gás, que são: CESP, AES Tietê, Duke Energy, CTEEP, CPFL Energia (Paulista, Piratininga), Elektro, Bandeirante, AES Eletropaulo e Comgás, além da Campanha Nacional de Furnas.


A abertura da Oficina ocorreu às 9h de terça, com a saudação aos presentes feita pelo presidente Sinergia CUT, Djalma de Oliveira, e pelo vice presidente da entidade, Wilson Marques de Almeida. Passou-se então para o período de análise do cenário da economia, das negociações e do setor energético conduzido pelo convidado especial do Sinergia CUT, José Silvestre, supervisor do escritório regional do Dieese/SP e por Ana Carla Magni, da subseção do Dieese no Sinergia CUT.

  Categorias: