Potencial: ainda é pouco. Assembléias deliberativas acontecem na sexta

29 março 18:37 2006

Na terceira rodada de negociação do Sinergia CUT com a Potencial, ocorrida na última terça (28), novamente a empresa apresentou uma proposta insuficiente, que não atende às principais reivindicações dos trabalhadores, como aumento real e uma PLR justa e digna.


A proposta apresentada pela empresa foi a seguinte:
– Vigência: ACT prorrogado por 2 anos (2006/2008)
– Reajuste: 4,13% retroativo a 1º de março
– Reajuste  do Piso da Categoria: Auxiliar de Serviços Gerais de R$ 328 para R$ 376 (= ICV + 10%); Ajudante Eletricista/ Mecânico de R$ 400 para R$ 437 (=ICV + 5%)
– Participação no Plano de Saúde: subsidío de forma integral para salários base de até R$ 520
– PLR: valor da PLR 2004 corrigido pelo ICV. Ou seja, R$ 26.000 + ICV = valor total de R$ 27.074
– Plano de Cargos e Salários (PCS): parte do percentual poderá ser destinada a trabalhadores com maior tempo de casa


Dá para a empresa avançar. A proposta foi rejeitada na mesa. O Sindicato encaminhará a proposta  para a rejeição também na  assembléia marcada para a próxima sexta (31), às 7h30, quando os trabalhadores devem aprovar ainda o Plano de Lutas para reverter a situação em favor dos trabalhadores. Pela reabertura das negociações já.

  Categorias: