AES Eletropaulo investirá R$ 20 milhões na região

03 abril 18:33 2006

São Paulo – As expansões industriais e instalações de novas unidades no Grande ABC levaram a AES Eletropaulo a anunciar investimentos de R$ 20 milhões na região neste ano. O objetivo é elevar a capacidade de fornecimento e assim acompanhar o aumento da demanda por energia elétrica, insumo básico para o funcionamento de qualquer empresa. Outro alvo da concessionária de energia é atacar de frente as ligações clandestinas, que proporcionam grandes prejuízos à empresa (leia texto nesta página).


A atenção da AES Eletropaulo para 2006 será voltada a grandes promessas da economia regional: o Eixo Tamanduatehy, em Santo André, o Pólo Tecnológico Cerâmica, em São Caetano, o Pólo de Cosméticos, em Diadema, o Pólo Industrial de Sertãozinho, em Mauá, e o Pólo Petroquímico de Capuava, entre Santo André e Mauá. Neste ano, a projeção é aumentar o fornecimento anual de energia para 5.566 GWh ante 5.404 GWh em 2005 – 3% a mais.


Os resultados da empresa no ano passado já foram muito positivos. O faturamento bruto da AES Eletropaulo saltou de R$ 1,7 bilhão para R$ 1,9 bilhão – alta de 11,7%. Já a quantidade de clientes também cresceu, mas em menor proporção: de 842 mil atendidos em 2004 para 860 mil no ano passado – elevação de 2%.


O incremento da arrecadação mais expressivo do que o de clientes tem fácil explicação. Enquanto que, em quantidade, os consumidores residenciais representam mais de 90% dos atendidos; em valores, os industriais são responsáveis por 47% da arrecadação. `As indústrias puxaram a alta e representam muito para a empresa. Além disso, o nível de inadimplência no Grande ABC é o menor da AES Eletropaulo em geral`, diz a diretora regional da empresa, Maria Tereza Travassos Vellano. O índice de devedores na região é 10% contra 20% em média nas 24 cidades atendidas pela empresa na Grande São Paulo.


Além dos R$ 20 milhões em investimentos, segundo Maria Tereza, a AES Eletropaulo prevê utilizar R$ 43,4 milhões para manutenção do sistema de fornecimento de energia elétrica no Grande ABC. `Esse montante será aplicado em entrega de correspondências, poda de árvores e manutenção em geral.` Na região, são 177 mil postes de distribuição.


De acordo com o diretor-presidente do grupo AES, que inclui, além da Eletropaulo, outras três concessionárias no Brasil, a empresa investirá neste ano R$ 90 milhões em todo o país. `2005 foi um ano importante. Conseguimos cortar despesas desnecessárias e consolidamos a posição de maior empresa de distribuição de energia elétrica da América Latina.` (Mariana Oliveira)

  Categorias: