Furnas lucra R$ 840 milhões em 2005, 32% mais que em 2004

07 abril 16:50 2006

Furnas Centrais Elétricas fechou 2005 com lucro líquido de R$ 840 milhões, resultado 32% maior que o verificado em 2004, quando a empresa lucrou R$ 637 milhões. Segundo balanço financeiro divulgado nesta sexta-feira, 7 de abril, pelo grupo Eletrobrás, controlador de Furnas, a margem líquida (lucro líquido sobre receita operacional líquida) no ano passado apresentou melhora de 20% em comparação ao exercício do ano anterior. Por conta do resultado, Furnas informou que distribuirá R$ 241 milhões de juros sob capital próprio aos acionistas.


A receita operacional líquida da estatal no ano passado foi 9,5% superior à receita de 2004, passando de R$ 4,614 bilhões, em 2004, para R$ 5,053 bilhões, no ano passado. De acordo com o balanço, o desempenho foi resultado da maior contratação de energia elétrica no leilão de dezembro passado e pelo aumento das vendas a consumidores livres. As despesas operacionais também apresentou aumento no resultado financeiro de Furnas em 2005.


Pelo balanço, as despesas cresceram 11%, em função dos custos não gerenciáveis, como encargos de uso da rede elétrica (70,7%) e compensação financeira por utilização de recursos hídricos (35%). Em termos financeiros, as despesas operacionais da estatal ficaram em R$ 4,028 bilhões no ano passado, contra uma despesa de R$ 3,63 bilhões no ano anterior. O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) alcançou R$ 1,533 bilhão em 2005, ante os R$ 1,481 bilhão de 2004.

  Categorias: