Famílias de baixa renda vão ganhar geladeiras novas que consomem menos energia

10 abril 13:57 2006

Brasília – Quinze mil famílias de baixa renda da Bahia e de Pernambuco vão ganhar geladeiras novas que gastarão menos energia elétrica do que aquelas que possuem hoje, sem custo algum. A troca do produto é resultado de uma parceria que será firmada hoje (10) entre o Ministério do Meio Ambiente e o Grupo Neoenergia.


O acordo de cooperação técnica permitirá o reaproveitamento de duas toneladas do gás CFC retirado das geladeiras recolhidas. Além de consumir mais energia, os modelos mais velhos possuem como refrigerador um gás que destrói a camada de ozônio. Em vez disso, o gás das novas geladeiras não é liberado para a atmosfera. Após o uso ele passa por um processo de renovação e é reutilizado no mercado de manutenção de outros aparelhos antigos.


A assinatura do acordo foi às 10 horas no Hotel Blue Towers, em Brasília, com a presença da ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, e dos presidentes do Grupo Neoenergia, Marcelo Corrêa, da Coelba, Moisés Sales, e da Celpe,oberto Alcoforado.

  Categorias: