Mercadante: governo Lula tem o maior salário mínimo em 20 anos

02 maio 18:51 2006

O senador Aloizio Mercadante também compareceu ao mega-ato da CUT em homenagem ao Dia Internacional dos Trabalhadores. Chegou em cima da hora para subir ao palco e acompanhar o ato político e só falou à imprensa depois de finalizado a atividade.


Na sua entrevista, Mercadante destacou os avanços que a classe trabalhadora conquistou nestes três anos e meio de governo Lula. ‘Nós tivemos um saldo positivo na geração de empregos, a média mensal é na ordem de 91 mil empregos. Isso significa, só no setor privado, mais de quatro milhões de empregos com carteira de trabalho assinada, além do setor público, da economia formal’. Mas, segundo o senador, é preciso crescer mais e gerar mais empregos, o que será potencializado com os investimentos do governo na agricultura familiar e com o aumento do salário mínimo.


‘É o maior salário mínimo dos últimos 20 anos no Brasil,a redução no custo de vida – o brasileiro compra hoje duas vezes mais produtos da cesta básica do que comprava quando o Lula tomou posse; o bolsa família que hoje protege mais de 9 milhões de famílias, todas essas conquistas vão permitir uma retomada forte de crescimento – junto com as exportações, para continuarmos gerando empregos que é o maior desafio dói país’, afirmou.


Questionado se Lula cumpriria a promessa de gerar 10 milhões de empregos, o senador foi preciso: ‘no setor privado já criamos quatro milhões de empregos; se nós considerarmos alguns outros setores, o próprio setor público e a economia formal, nós criamos já 8,5 milhões de empregos. Eu acho que o grande desafio agora é formalizar a parte da economia informal para chegarmos aos 10 milhões de empregos’.

  Categorias: