CS 2006: Assembléias avaliam propostas da Cemirim e ETEO

01 junho 10:05 2006

Na quarta-feira (31), o Sinergia CUT participou de duas rodadas de negociação do novo ACT dos trabalhadores da Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de Mogi Mirim (Cemirim) e da Empresa de Trasmissão de Energia do Oeste Ltda (ETEO), que têm data-base em maio. A Cemirim apresentou a seguinte proposta:


– Reajuste dos salários e benfícios pelo ICV-Dieese de 3,26% (descontando-se a antecipação realizada em novembro, o reajuste agora é de 1,57%).
–  Reajuste do piso salarial pelo mesmo índice
–  Manutenção das demais cláusulas do ACT atual, que prevê antecipação semestral pelo ICV Dieese
–  Vigência do ACT por um ano.


Já na ETEO a proposta final  foi a seguinte:
– Reajuste salarial pelo INPC/IBGE de 3,34% mais 1,66% de aumento real, totalizando 5%
– Vale refeição sobe de R$ 11 para R$ 13 (22 vales)
– Piso salarial com reajuste total de 5% 
– Discussão, até novembro de 2006, da implantação da PLR 2007   
–  Vigência do ACT por um ano.


Trabalhadores decidem
O Sinergia CUT realizará assembléias com os trabalhadores da Cemirim e da ETEO na próxima semana para debater as propostas. Participe!

  Categorias: