CS 2006: Sindicato rejeita os 2,47 propostos pela Elektro

05 junho 14:50 2006

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (05), em Campinas, os representantes da Elektro apresentaram o que afirmaram ser a proposta ‘final’ da empresa para as negociações da Campanha Salarial 2006: reajuste de 1,96% (IPC/Fipe) mais 0,5% de aumento real para salários, benefícios econômicos e valor da PLR.


Em relação à PLR, que já tem metas e indicadores de qualidade acordados, a empresa propôs ainda pagar a primeira parcela até o dia 28 de julho próximo, com aumento do ‘plus’ de 2,5% para 5%, tanto para os indicadores técnicos como para os indicadores econômicos. E garantiu que, desde que atingidas as metas, os trabalhadores teriam garantido o pagamento de valor equivalente a uma remuneração (horas normais, adicional por tempo de serviço e incorporação do acordo judicial).


A proposta foi rejeitada na mesa pelos negociadores do Sinergia CUT que insistiram na negociação de toda a Pauta de Reivindicações dos trabalhadores. Diante disso, a empresa, que não pretendia sequer marcar nova rodada de negociação, ficou de entrar em contato com o Sindicato. Vamos aguardar mobilizados porque Hexa é a Nossa Luta!

  Categorias: