Serra mantém dianteira, mas Mercadante sobe seis pontos

07 junho 17:11 2006

A queda vertiginosa de Geraldo Alckmin em São Paulo não se repetiu no desempenho de José Serra, o pré-candidato dos tucanos ao governo.
Segundo a pesquisa Ibope/ Setcesp, Serra oscilou dentro da margem de erro em relação ao levantamento anterior da série, realizado em maio. O tucano caiu de 50% para 48%.


Por outro lado, Aloizio Mercadante (PT) cresceu seis pontos percentuais e foi de 8% para 14%. Orestes Quércia (PMDB) aparece na pesquisa divulgada ontem com 10%. No cenário sem o peemedebista, Serra vai a 49%, e Mercadante, a 17%.


Quando levados em consideração apenas os votos válidos em todos os cenários, Serra venceria no primeiro turno. Em um eventual segundo turno, Serra venceria o petista por 59% a 23%. Contra Orestes Quércia, ele estaria eleito com 59% a 18%.


Eduardo Suplicy (PT) seria reeleito para o Senado em todos os cenários. O mais próximo a ele é Quércia, com 21%.

  Categorias: