CS 2006: Duke Energy propõe apenas 2,9%. Sinergia CUT rejeita

08 junho 19:18 2006

Reajuste de salários e benefícios em 2,9% – o que corresponde aos 2,76% do INPC com arrendondamento de 0,15%. Foi só isso que os representantes da Duke Energy propuseram ao Sinergia CUT durante a segunda rodada de negociação realizada na tarde desta quinta-feira (09), na Usina de Salto Grande.


Antes disso, a empresa já chegou afirmando que só pretende negociar o econômico e portanto não vai atender às reivindicações do Sindicato, que quer discutir toda a Pauta de Reivindicações, inclusive o Plano de Cargos e Salários e o Plano de Carreira, além de insistir em reunião específica para discutir a PLR.


A proposta da Duke Energy foi imediatamente rejeitada pelo Sinergia CUT, que afirmou que os trabalhadores querem aumento real, além dos 4,3% sonegados do reajuste concedido em 2003. O Sindicato reafirmou também a necessidade de correção da aplicação da curva salarial para equilibrar os níveis de remuneração e da renegociação da forma de distribuição da PLR, atualmente dividida em 50% iguais para todos e 50% proporcionais aos salários.


Nova rodada de negociação está agendada para o próximo dia 21, às 14h, em local ainda a ser confirmado. Fique ligado. Hexa é a nossa luta!  

  Categorias: