Na CTEEP… parou geral!

13 junho 09:15 2006

Sobrou energia e indignação aos trabalhadores da CTEEP que participaram nesta segunda (12) da greve de um dia nos locais de trabalho da empresa.  A mobilização foi uma resposta à falta de consideração da CTEEP que reluta em atender as reivindicações da categoria nesta Campanha Salarial e também um protesto contra a venda da empresa, marcada para o dia 28 próximo.


Cruzaram os braços os trabalhadores de Bauru,  Itapetininga, Santa Bárbara D”Oeste, Jupiá, Araraquara, Assis, Chavantes, Presidente Prudente e Votuporanga.


Durante todo o tempo de paralisação a companheirada aproveitou para exigir mais respeito e responsabilidade dos negociadores da CTEEP, para que na próxima rodada, marcada para quarta (14), seja apresentada uma proposta digna que contemple as necessidades da categoria, como aumento real, reposição integral da inflação, PLR, PCS, liberdade e autonomia sindical.


Greve a partir do dia 19


Com tudo isso, o Sinergia CUT espera que daqui em diante a empresa negocie de verdade. Caso não haja avanço, a próxima etapa aprovada pelos trabalhadores é de greve por tempo indeterminado a partir da segunda-feira da semana que vem (19).


Vale lembrar que, na rodada de negociação realizada no último dia 06, em São Paulo, os negociadores da CTEEP apresentaram a proposta de  reajuste de salários e benefícios econômicos de 1,96%, percentual que corresponde ao IPC da Fipe, e nada de aumento real.


A proposta foi rejeitada na mesa pelo Sinergia CUT. Mudar os rumos dessa história: Hexa é a nossa luta!

  Categorias: