Greve geral na CTEEP a partir de segunda (26). Negociação é antecipada

21 junho 19:12 2006

Atendendo reivindicação das entidades sindicais, a direção da CTEEP antecipou a próxima rodada de negociação da Campanha Salarial para esta quinta-feira (22), às 10h, no Hotel Quality, em São Paulo. A reunião estava agendada anteriormente para sexta (23), mas os sindicatos reivindicaram a antecipação – também ao governo de SP e à secretaria de Energia – para garantir um mínimo de tranqüilidade aos trabalhadores nesses tempos pré-privatização.


A expectativa é que a empresa apresente uma contraproposta que atenda às reivindicações da categoria e possibilite o fechamento do Acordo Coletivo antes de quarta-feira (28), dia previsto para o leilão da empresa, desvinculando a Campanha Salarial da luta contra a privatização.


Os sindicatos esperam poder levar uma boa proposta negociada para aprovação dos trabalhadores antes da greve por tempo indeterminado, que começa na segunda-feira (26) da próxima semana, em todos os locais de trabalho. A decisão de unificar o Plano de Luta contra a privatização foi tomada por todas as entidades sindicais que representam a totalidade dos trabalhadores na mesa de negociação.


Em informativo especial, assinado pelo Fórum das Entidades Sindicais, os sindicatos destacam a importância da unidade da categoria e afirmam que é preciso ‘dar uma demonstração do espírito combativo, mantendo a paralisação total das atividades e os serviços essenciais sob controle dos trabalhadores, inclusive para garantir a transmissão dos jogos do Brasil na Copa do Mundo’.


O Fórum também convida trabalhadores da ativa e aposentados da 4819 para um grande Ato de Mobilização que acontecerá na próxima sexta-feira (23) em frente à sede da CTEEP, no Adélia Saliba, em São Paulo, a partir das 7h30. Mais detalhes no Informativo Especial CTEEP, de 22 de junho de 2006, que está publicado em Boletins na página inicial deste Portal.

  Categorias: