Greve termina. Emprego e ACT estão garantidos

28 junho 19:21 2006


Em assembléias realizadas pelo Sinergia CUT na tarde desta quarta-feira (28), depois do leilão, os trabalhadores decidiram suspender a greve contra a privatização da CTEEP, deflagrada desde a última segunda-feira (26).


‘Os trabalhadores deram uma demonstração de união, resistência, combatividade e indignação contra mais esse atentado ao patrimônio público do povo paulista. Não só com a greve nas cidades do interior do estado, mas também particpando da manifestação em frente à Bovespa’, avalia o vice-presidente do Sinergia CUT Wilson Marques de Almeida.


Apesar da intransigência e da irresponsabilidade do governo Alckmin, a direção do Sinergia CUT considera que a batalha travada pelos trabalhadores, que resistiram contra a privatização até a batida do martelo, trouxe a garantia de direitos que têm que ser respeitados independentemente de quem detém o controle acionário.


‘Nossa luta não foi em vão. A combinação da greve nos locais de trabalho e a capacidade de negociação na mesa trouxeram duas grandes conquistas. A garantia de emprego por mais três anos, até 2009, e um Acordo Coletivo de Trabalho que preserva salários e direitos históricos conquistados em anos de luta. E mais tranqüilidade aos trabalhadores nesses tempos de privatização a qualquer custo’.

  Categorias: