Em reunião pública, Aneel aprova venda da CTEEP

25 julho 16:40 2006

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou na manhã desta terça-feira (25), durante Reunião Pública, a transferência do controle acionário da CTEEP do governo do Estado de São Paulo para a estatal colombiana ISA (Interconéxion Eléctrica). A empresa arrematou os 50,1% das ações ordinárias da CTEEP pagando R$ 1,193 bilhão em leilão realizado no último dia 28 de junho na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo).


Assim, a Agência também ignora as inúmeras ilegalidades que permearam todo o processo de venda da empresa de transmissão, que são alvo de várias ações judiciais encabeçadas por parlamentares, sindicalistas, Ministério Público Federal e até mesmo de investidores interessados em participar do leilão.


O Sinergia CUT participou da Reunião Pública, em Brasília, e protestou contra a falta de independência da Aneel que, para atender aos interesses do governo do PSDB/PFL, deixou de cumprir seu papel de agência fiscalizadora, dando o aval para uma transação sem sequer apurar as graves denúncias que envolvem todo o processo de privatização da CTEEP.


Em documento encaminhado ao diretor geral da Agência, Jerson Kelman, o Sinergia CUT novamente elencou as várias ilegalidades do processo de privatização, que vão desde vícios da audiência ‘pública’ até a falta de anuência prévia da Aneel, passando pelo preço mínimo subestimado e pelas suspeitas de privilégio no repasse de informações estratégicas para a estatal colombinana que acabou arrematando a CTEEP.


Ao final, o Sindicato registrou sua indignação em relação à apatia da Aneel frente às irregularidades do processo de venda e reiterou a necessidade de a Agência não dar anuência à transferência do controle acionário para a ISA. Em resposta, a Aneel preferiu esquecer mais uma vez seu papel de fiscalizadora, jogando a responsabilidade de apuração das denúncias para a Procuradoria Geral de São Paulo.

  Categorias: