Lucro líquido da Duke Energy International cai 39,43% no semestre

03 agosto 16:08 2006

Hidrologia desfavorável no Peru e Brasil estão entre os fatores apresentados pela companhia para explicar os baixos resultados


O lucro líquido da Duke Energy International no primeiro semestre de 2006 caiu 39,43% na comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo informações divulgadas nesta quinta-feira, 3 de agosto, a companhia lucrou US$ 713 milhões no primeiro semestre de 2006, contra US$ 1,177 bilhão nos primeiros seis meses do ano anterior.


A receita operacional da empresa também apresentou queda, saindo dos US$ 10,602 bilhões registrados nos primeiros seis meses de 2005 para os US$ 7,239 bilhões no mesmo período deste ano. Já o resultado do Ebit no primeiro semestre deste ano ficou em US$ 2,123 bilhões, contra os US$ 2,618 bilhões verificados no mesmo período de 2005.


Trimestre – Os dados do balanço trimestral mostram que o lucro líquido da empresa subiu 14,88%, saindo de US$ 309 milhões em 2005 para US$ 355 milhões em 2006. O Ebit total da companhia também apresentou alta no segundo trimestre, saindo de US$ 850 milhões em 2005 para US$ 1,080 bilhão em 2006. Já as receitas da Duke Energy no segundo trimestre de 2006 caíram em comparação com 2005, passando para US$ 4,038 bilhões no segundo trimestre deste ano.


Ainda de acordo com o balanço do segundo trimestre, o segmento de energia internacional da companhia apresentou um Ebit de US$ 26 milhões em 2006, contra os US$ 86 milhões apresentados no mesmo período de comparação. De acordo com a empresa, esse resultado está associado, principalmente, a um investimento de US$ 55 milhões da companhia no México.


A Duke Energy destaca ainda a ‘hidrologia desfavorável’ do Peru e Brasil entre os fatores que explicam os baixos resultados internacionais da companhia. Segundo o comunicado, no entanto, tais resultados foram minimizados pelo impacto favorável da moeda corrente, principalmente no Brasil.

  Categorias: