Eletrobrás garante que país tem energia suficiente para sustentar taxa de crescimento de 4%

06 setembro 17:01 2006

Rio de Janeiro – O presidente da Eletrobrás, Aloisio Vasconcelos, afirmou ontem, em entrevista à Agência Brasil, que o país tem energia suficiente para garantir uma taxa de crescimento de 4%, ou mais, do Produto Interno Bruto (PIB).


‘Todos os esforços estão sendo feitos para dar tranqüilidade à indústria, à população brasileira e aos investidores internacionais e nacionais de que o Brasil tem energia com qualidade e quantidade para pelo menos os próximos quatro anos’.


Vasconcelos disse que estudos da Eletrobrás estimam uma taxa de crescimento do PIB de cerca de 3,5% este ano e de 4% a partir de 2007. ‘Mas se houver um crescimento maior, e Deus queira que isto aconteça, nós temos como também fazer a adaptação e prover o país da energia necessária para o seu desenvolvimento’, afirmou.


Na avaliação de Vasconcelos, a ocorrência do ‘apagão’, vivido pelo país em 2001, quando houve a necessidade de racionamento de energia, foi motivada pela ausência de planejamento por parte do governo passado.


‘A grande diferença que nós temos hoje é a da ferramenta do planejamento. O governo passado não tinha o planejamento e, portanto, teve este problema do ‘apagão’. Hoje não, nós utilizamos com muita competência o planejamento. Além disso, trabalhamos de forma integrada, a Eletrobrás e suas empresas controladas, a EPE, e o próprio governo federal, a partir do Ministério de Minas e Energia. Portanto, nós estamos dando ao país a tranqüilidade necessária para que ele possa crescer’.(Nielmar de Oliveira)

  Categorias: