Distribuidoras de São Paulo são multadas em R$ 2,8 milhões

15 setembro 18:16 2006

Aneel estabeleceu os valores de R$ 1,425 milhão para a Piratininga e de R$ 1,419 milhão para a Bandeirante


A Agência Nacional de Energia Elétrica manteve as multas aplicadas às distribuidoras paulistas Companhia Piratininga de Força e Luz e Bandeirante Energia. A cobrança foi aplicada devido ao descumprimento dos prazos para a apresentação de laudos de avaliação da base de remuneração de ativos, definida no processo de revisão tarifária periódica das concessionárias em 2003.


Piratininga e da Bandeirante foram multadas em maio de 2005 em R$ 4,073 milhões e R$ 4,055 milhões, respectivamente. As distribuidoras apresentaram a documentação exigida fora do prazo de 31 de agosto de 2004, estabelecido pela Aneel.
Porém, após analisar recursos administrativos apresentados pelas concessionárias, a Aneel estabeleceu os valores de R$ 1,425 milhão para a Piratininga e R$ 1,419 milhão para a Bandeirante.

  Categorias: