Elektro: Assembléias para discutir fretado acontecem na segunda-feira

11 outubro 18:46 2006

A direção da Elektro já anunciou o fim do subsídio do fretado para os trabalhadores que moram em Rio Claro, Atibaia e São Paulo a partir do dia 1° de janeiro. A decisão da empresa, adiada inúmeras vezes por pressão do Sinergia CUT, vem acompanhada de uma proposta de incorporação aos salários da parte dos gastos que tem por usuário e de um abono.


Durante reunião realizada na última terça (10), os representantes da Elektro afirmaram ao Sindicato que ‘não há mais como manter o fretado’. Segundo a empresa, são 230 assentos de ônibus e 128 usuários, com um custo médio de cerca de R$ 300.


Pela proposta apresentada pela Elektro, quem paga 6% do salário base teria incorporado R$ 300 menos os 6% ou o teto de R$ 160. Como a participação dos trabalhadores varia de R$ 58 a R$ 160, ainda segundo os dados da empresa, a incorporação variaria de R$ 140 a R$ 242 nos salários de janeiro de 2007.


O Sinergia CUT alertou que a proposta de incorporação não atendia à preocupação dos trabalhadores com o gasto com transporte para chegar ao trabalho e que muitos não teriam condições de arcar com o custo integral do deslocamento. Além disso, a incorporação traria o reflexo de descontos fiscais e previdenciários.


Na quarta-feira (11), por telefone, o RH da Elektro informou ao Sindicato que os trabalhadores afeatdos com o fim do fretado teriam também direito a um abono de R$ 150, com pagamento também em janeiro de 2007, para indenizar os cinco meses (janeiro a maio) de validade do atual Acordo Coletivo.


Caso a proposta seja aprovada, existe a possibilidade de os trabalhadores se organizarem para manter o fretado, mantido o desconto em folha. Os trabalhadores que optarem por mudar de cidade têm direito ao auxílio-transferência previsto no ACT. Quem optar pelo transporte intermunicipal e tiver gasto maior do que os 6% tem direito aos benefícios da lei (vale transporte).


Para detalhar a proposta da Elektro e debater a proposta com os trabalhadores, o Sinergia CUT faz assembléias com os usuários do fretado na próxima segunda-feira (16), às 17h, no estacionamento.

  Categorias: