TRT de São Paulo marca para o dia 16 o julgamento do Dissídio da CPFL

10 novembro 13:27 2006

Está marcado para a próxima quinta-feira (16), às 15h, o julgamento do Dissídio Coletivo das CPFLs Paulista e Piratininga. O agendamento foi feito pelo Tribunal Regional do Trabalho  da 2ª Região (TRT/SP).


Vale lembrar que a holding entrou com processo de Dissídio na capital antes de esgotadas as negociações e recusou a proposta da juíza Ivani Contini Bamante de prorrogação da cláusula de Política de Emprego até novembro de 2007. Só aceitou manter a proposta econômica e recusou a proposta de prorrogação.


O Sinergia CUT, inclusive, acatou a recomendação da juíza e encaminhou a proposta para debate com os trabalhadores e que as assembléias aprovaram a proposta do TRT/SP.


Porém, diante da recusa da CPFL em prorrogar a Política de Emprego, os trabalhadores aprovaram também que o Sindicato entrasse com o processo de Dissídio Coletivo no TRT de Campinas, cidade sede da holding.
 
Em audiência no dia 31 de outubro passado, em Campinas, o Sindicato insistiu que a prorrogação nada mais é do que uma prática que vigorou em todas as negociações coletivas há mais de dez anos. Informou também que a grande preocupação dos trabalhadores é com a prorrogação da Política de Emprego na Paulista e a extensão da mesma cláusula para o Acordo Coletivo da Piratininga.


O juiz propôs, então, a manutenção da proposta econômica e a prorrogação da Política de Emprego da Paulista ‘por seis meses a partir de 1° de junho de 2007’ e a aplicação dessa mesma cláusula no ACT da Piratininga.


A CPFL concordou só com a proposta econômica e mais uma vez o advogado terceirizado recusou a proposta de mais emprego aos trabalhadores, frustrando a negociação.


O Sinergia CUT solicitou prazo de 20 dias para tomar conhecimento da contestação da holding antes da manifestação judicial. O prazo começou a contar no dia 06 de novembro. A empresa pediu o mesmo prazo para nova manifestação. Isso significa que, 40 dias a contar dessa data, o TRT pode marcar o julgamento do Dissídio.

  Categorias: