Itaipu chega perto do recorde de geração de energia

09 janeiro 10:16 2007

A usina de Itaipu atingiu em 2006 a segunda maior produção de energia de sua história com 92.689.936 megawatts-hora (MWh). O total produzido por Itaipu seria suficiente para suprir cerca de 81 dias o consumo de energia elétrica de todo o Brasil, que no ano passado atingiu um patamar histórico. A usina atendeu, em 2006, 20% de todo o consumo de eletricidade brasileiro e 95% da demanda paraguaia.


A produção de Itaipu ficou um pouco abaixo de seu recorde histórico do ano 2000 (93.427.598 MWh). Para alcançar a produção daquele ano, seria necessário que a usina gerasse em 2006 mais 737.662 MWh, o equivalente a apenas três dias de produção.


A energia de Itaipu foi ainda mais fundamental para o Brasil no ano passado, pois o consumo total de energia elétrica no País somou 415.865 GWh (ou 415,9 terawatts-hora), com expansão de 3,86% sobre o consumo registrado em 2005. Esse patamar é recorde absoluto na história do Brasil e situa o mercado brasileiro entre os nove maiores do mundo.


O consumo no Brasil, conforme levantamento da empresa britânica BP feito em 2005, é inferior apenas ao registrado pelos Estados Unidos (4.239 TWh), China (2.475 TWh), Japão (1.134 TWh), Rússia (952 TWh), Índia (679 TWh), Alemanha (619 TWh), Canadá (594 TWh) e França (594 Twh). E pouco inferior a de todo o continente africano (546 TWh em 2005), mas supera o registrado por alguns países desenvolvidos. No Reino Unido, o consumo somou 399 TWh, na Coréia do Sul, 395 TWh, na Itália, 302 TWh e na Espanha, 292 Twh.


Ao contrário desses países, onde a geração elétrica resulta da queima de combustíveis fósseis (carvão ou derivados de petróleo) ou energia nuclear (França), no Brasil mais de 90% do consumo nacional vem das hidrelétricas. Apenas o Canadá e a Noruega têm matrizes elétricas semelhantes à brasileira, com base em energia renovável.


A produção de Itaipu em 2006 seria suficiente para suprir todo o consumo de energia elétrica do Paraná por cinco anos. Seria suficiente para atender por 81 dias o consumo de energia elétrica de todo o Brasil. Seria suficiente para suprir o atual consumo de energia elétrica da Argentina por um ano. Seria suficiente para suprir o atual consumo de energia elétrica de Portugal por dois anos. Seria suficiente para suprir 18% do atual consumo anual de energia elétrica da Alemanha; 22% do atual consumo anual de energia elétrica da França; 27% do atual consumo anual de energia elétrica do Reino Unido; e 40% do atual consumo anual de energia elétrica da Espanha.

  Categorias: