Acidente gravíssimo mata dois eletricistas da Elektro

24 janeiro 19:28 2007

Um acidente gravíssimo custou a vida de dois eletricistas da Elektro no início da tarde desta quarta-feira (24) em Itaporanga, região sudoeste do estado de São Paulo. Por volta das 14h, três eletricistas trabalhavam no potencial de 69kV (69000 volts) em regime de rede energizada (linha viva). Jonas Tupã e Marcio Gattin, lotados na Regional de Tatuí e na CSR Itapeva respectivamente, tiveram morte instantânea. O terceiro eletricista envolvido no acidente, até agora identificado apenas como Jorge, sofreu ferimentos graves.


Desde que soube do acidente, a direção do Sinergia CUT está buscando informações sobre as circunstâncias em que o trabalho era realizado e as condições físicas e de segurança dos trabalhadores. Mas até o agora não foi possível obter informações mais detalhadas.


Para os dirigentes do Sindicato que estão acompanhando o caso – Osvaldo Rosica e Esteliano Pereira Gomes Neto – a direção da Elektro parece estar procurando abafar o acidente e escondendo qualquer informação que possa levar a possíveis falhas durante a execução do serviço. ‘Mesmo porque há tempos o Sinergia CUT vem apontando diversas irregularidades na extrapolação de jornada de trabalho, riscos ergonômicos, desrespeito ao período de descanso, o que poderia propiciar a curto prazo lesões e acidentes graves aos trabalhadores’, alertam os dirigentes.


Mas o Sindicato apurou junto aos colegas de trabalho que os dois eletricistas mortos no acidente eram tidos como referência no desempenho de suas funções. Neste momento de dor e luto, o Sinergia CUT externa a todos familiares, parentes e amigos seu profundo pesar pelo falecimento de mais dois de nossos companheiros. Aguarde novas informações.

  Categorias: