Sinergia CUT depõe aos deputados da CPI da Eletropaulo

09 fevereiro 16:40 2007

Em reunião realizada na tarde desta quinta-feira (08), a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) instalada na Assembléia Legislativa de SP para investigar irregularidades no processo de privatização da Eletropaulo aprovou a convocação de mais dois ex-diretores do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e do vice presidente do Sinergia CUT.


Os novos requerimentos de convocação foram encaminhados pelo deputado Antonio Mentor (PT).  No próximo dia 14, quarta-feira da semana que vem, prestam esclarecimentos o  presidente do BNDES em 2003, Carlos Lessa, e o diretor responsável pela renegociação da dívida da Eletropaulo na época, Roberto Timóteo Costa. Vale lembrar que, durante reunião na última terça (06) a CPI também aprovou a convocação do presidente do BNDES à época da privatização, José Pio Borges, que deve ser ouvido no próximo dia 27.


Depois, os deputados ouvem as lideranças dos trabalhadores, começando com o depoimento de Wilson Marques de Almeida, vice-presidente do Sinergia CUT e presidente do Sindicato dos Eletricitários de Campinas, marcado para o próximo dia 28, às 15h.

  Categorias: