CS 2007: Sinergia CUT e PIERP retomam negociação do ACT

12 fevereiro 11:14 2007

Com a reabertura das atividades da termelétrica de Ribeirão Preto, Sinergia CUT volta a negociar o Acordo com a empresa


O Sinergia CUT participou, no último dia 06, da primeira rodada de negociação com a Produtora Independente de Energia de Ribeirão Preto (Pierp Termelétrica), em Ribeirão Preto, referente ao Acordo Coletivo do Trabalho 2006/2008.


A empresa apresentou uma proposta de reajuste do piso salarial e afirmou que algumas das reivindicações da Pauta dos trabalhadores, como Plano de Cargos e Salários, estão em fase de estudo.


Os pontos apresentados serão analisados pelo Sindicato e trabalhadores em assembléias antes da segunda rodada de negociação, agendada para o próximo dia 27.


A Proposta



  • Reajustes nos pisos salariais de 8 a 50% conforme abaixo:


Cargos                                     2006              2007
Chefe de Operações            R$ 3.877,45      R$ 5.100,00
Escriturário                        R$ 1.014,10      R$ 1.550,00
Serviços Gerais                   R$ 498,70        R$ 550,00
Supervisor Manutenção        R$ 2.417,15      R$ 3.300,00
Eletricista e demais cargos    R$ 705,00        R$ 1.050,00
Comprador Almoxarife           R$ 955,40        Extinguiu
Secretária Recepcionista       R$ 551,20        Extinguiu



  • Convênio Médico: a empresa concede convênio com o Hospital Santa Casa, onde o trabalhador tem participação de 10% e seus dependentes 50%.
  • Seguro de Vida: previsão de implantação nos próximos dias.
  • Licença Paternidade: cláusula de ausência abonada passa de um dia para cinco dias.
  • Plano de Cargos e Salários: em estudo
  • PLR: não possui proposta
  • Cesta básica: fornecem refeição na empresa
  • VA ou VR: fornecem refeição na empresa
  • Sobreaviso: encontra -se em estudo a implementação da 4ª turma.
  • Demais cláusulas e benefícios mantidos.

  Categorias: