Posse na ALESP: eles podem mudar sua vida!

16 março 15:55 2007

Na tarde de quinta, dia 15/3, às 16 horas, 94 Deputados Estaduais eleitos em São Paulo iniciaram o mandato na Assembléia Legislativa do Estado (ALESP). Eles ocuparão as vagas até março de 2011.


Durante os próximos quatro anos, os parlamentares serão responsáveis, entre outras funções, por propor, emendar e revogar leis estaduais, além de fiscalizarem as ações do governo do Estado.


Não podemos esquecer, porém, que os políticos foram eleitos por nós, que os escolhemos como nossos representantes. Portanto, cabe a cada eleitor acompanhar o trabalho de cada um de seus escolhidos e manter um canal de diálogo para propor idéias e reivindicar medidas que melhorem as condições de vida nos municípios e estado.


Representantes Sindicais na luta!
Na legislatura que inicia este ano serão oito os Deputados Estaduais ligados ao movimento sindical: Donizete Braga, Roberto Felício (ex-presidente da Apeoesp e da CNTE), Marcos Martins (Bancário de São Paulo, Osasco e Região), Cido Sério (Presidente licenciado da Afubesp – Associação dos Funcionários do Santander Banespa), Sebastião Almeida (Funcionários Públicos de Guarulhos), Hamilton Pereira (Metalúrgicos de Sorocaba), Zico Prado (Metalúrgicos do ABC) e Rui Falcão (Jornalistas).


Para Sebastião Almeida, deputado eleito com 89.399 votos, lutar contra o modelo de Estado Mínimo proposto por Serra será ainda mais difícil a partir de 2007. ‘José Serra representa o coração do PSDB, o modelo de gestão onde o Estado cada vez mais assume menos compromisso diante da sociedade, principalmente com o atendimento à população de baixa renda. O papel dos Deputados é fazer a luta política no Parlamento para que São Paulo garanta um atendimento de qualidade, principalmente em setores vitais como saúde, educação e segurança’, afirmou.


O Petista Cido Sério, que recebeu 63.021 votos, destaca como grande desafio a manutenção dos direitos dos trabalhadores. Ele aponta, que o primeiro embate o respeito à data-base dos servidores públicos, aprovada pela Alesp em 2005 e desrespeitada pela gestão Serra. ‘A bancada do Partido dos Trabalhadores fará ofensiva na Assembléia para que exista uma negociação que compense as perdas do funcionalismo público nos últimos anos. Sabemos que não houve sequer a reposição da inflação para os servidores e estaremos presentes na mobilização e na luta desta categoria no Estado’, diz.


Marcos Martins, escolhido por 71.474 votos, acredita que diante do sucateamento promovido pelo partido de Serra em São Paulo, será necessário um grande investimento nos setores sociais. ‘Nossos desafios vão desde criar condições de habitação decente para os trabalhadores até tratar de questões como doenças profissionais. Lutaremos ainda contra a venda da Nossa Caixa, parte do processo de privatização promovida pelo governo do PSDB’, aponta.


Conheça os deputados ligados ao movimento Sindical:
1) Hamilton Pereira
Ramo: Metalúrgico
E-mail: [email protected]
2) Zico Prado
Ramo: Metalúrgico
E-mail: [email protected]
3) Rui Falcão
Ramo: Comunicação
E-mail: [email protected]
4) Sebastião Almeida
Ramo: Funcionalismo Público
E-mail: [email protected]
5) Cido Sério
Ramo: Financeiro
E-mail: [email protected]
6) Donizete Braga
Ramo: Sindical geral
E-mail: [email protected]
7) Roberto Felício
Ramo: Funcionalismo público e educação
E-mail: [email protected]
8) Marcos Martins
Ramo: Financeiro
E-mail: [email protected]

  Categorias: