CS 2007: na Potencial, a decisão final é dos trabalhadores

27 março 17:32 2007

Depois de ver a  proposta apresentada na segunda rodada de negociação rejeitada pela categoria, a Potencial voltou a negociar com o Sinergia CUT. A terceira rodada ocorreu nesta terça (27) e, novamente, a empresa apresentou uma proposta afirmando ter chegado no limite do negociável.
 
Confira os principais itens da proposta final feita pela empresa:
 – Vigência: 1 ano
– Reajuste Salarial: 2,9%
– Aumento Real:  0,87%, totalizando um índice final de 3,8%
– Piso Salarial: com o reajuste de 3,8%, passa de R$ 377 para R$ 391,33,   abrangendo cerca de 30 ajudantes gerais, atendentes e auxiliares de escritório
– Verba global da PLR: R$ 36 mil, sendo 12,5% de aumento em relação à PLR de 2006 (que era de R$ 32 mil),  garantindo a mesma verba média individual de 2006, que foi de R$ 183 para os 175 trabalhadores.
– Verba de movimentação de Pessoal: mínimo de 1,5% da folha


Assembléia
A empresa alega ser a última proposta possível em virtude das dificuldades que passou por três meses em que suas atividades ficaram paralisadas, por ausência de contrato com a Elektro.


O Sinergia CUT  avalia que ocorreram avanços na proposta. Assembléia deliberativa ocorre nesta quinta (29). A decisão é sua!

  Categorias: