Pela manutenção do veto à emenda 3, centrais vão realizar greves

27 março 17:38 2007

Para garantir o veto presidencial à emenda 3, as sete principais centrais sindicais vão realizar greves por todo o país no próximo dia 10. Serão greves de advertência, com duração média de três horas, em diferentes ramos de atividade. Participam da mobilização CUT, Força Sindical, CGTB, CGT, SDS, CAT e Nova Central.


Amanhã, dia 27, as centrais realizam em Brasília uma grande plenária no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, a partir das 10h30, com o objetivo de construir as paralisações do dia 10. Além das lideranças sindicais, militantes participarão da plenária, para marcar posição e pressionar o Congresso.


Serão convidadas as presidências do Senado e da Câmara e as lideranças das bancadas partidárias. Durante a plenária, será reafirmado o combate à emenda 3, em defesa do veto e dos direitos dos trabalhadores.


Uma segunda plenária será realizada no próximo dia 3, na quadra do Sindicato dos Bancários, capital paulista. Desde já, as centrais estão realizando panfletagens em suas bases e orientando os sindicatos a pressionarem os parlamentares que se manifestam a favor da derrubada do veto.


Na semana e no dia da votação, as centrais vão organizar uma grande mobilização em Brasília.

  Categorias: