Trabalhadores da CPFL e Elektro aprovam pauta de reivindicações

13 abril 16:33 2007

A companheirada das distribuidoras CPFL Paulista, Piratininga e Elektro já aprovaram em assembléias as reivindicações da Campanha Salarial 2007.  A idéia é antecipar o processo negocial da CS 2007, entregando a Pauta de Reivindicações às empresas antes do final deste mês de abril. Foi aprovado também a cobrança da taxa negocial.
A pauta está baseada em três eixos principais, que são os seguintes:



                                    Salário e Renda
O Sindicato propõe reajuste de salários pelo ICV Dieese (estimado em 3,9%), aumento real de 2,9% (crescimento do PIB em 2006), garantia da PLR de 2008 a 2010, aumento do piso salarial, adicional de turno de 9% do salário base, vale refeição de R$ 500 mensais, vale alimentação de R$ 200 mensais, dentre outros benefícios econômicos. 



                   Emprego e Condições de Trabalho
O eixo inclui a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais sem redução dos salários (exceto para o pessoal que trabalha em turno de revezamento); horas extras remuneradas com 100% em dias normais e 200% aos domingos, feriados ou folgas; política de emprego; estabilidade pré aposentadoria; aumento para 2% da folha para promoções do PCS; aumento para 3% da folha para requalificação profissional; comissão paritária para desenvolver uma Política de Saúde, Segurança, Trabalho e Meio Ambiente, entre outras reivindicações.



                               Liberdade e Autonomia
Prevê o direito de organização sindical nos locais de trabalho, com realização de reuniões, distribuição de jornais e boletins e acesso de dirigentes e representantes sindicais.

  Categorias: