Trabalhadores da Medral analisam proposta

13 abril 16:26 2007

Trabalhadores da Medral participam de assembléias para deliberar sobre a proposta final, resultado da  negociação entre a empresa e o Sinergia CUT em quatro rodadas. A última mesa de negociação ocorreu no dia 10 passado. As assembléias serão realizadas entre segunda (16) e quarta (18) nos locais de trabalho. Em função dos avanços obtidos na mesa, o Sinergia CUT encaminhará a propota para aprovação. Confira os princiais itens:
– Reajuste salarial: 2,9% (ICV Dieese)
– Aumento Real: 1,55% (totalizando 4,5% de reajuste)
– PLR: R$ 850, com antecipação de R$ 200 em agosto próximo e o restante, pago em fevereiro de 2008. A forma da apuração será discutida trinta dias após a assinatura do ACT 2007.
– Cesta básica: passa de R$ 41 para R$ 45 (9,76%) para Andradina e UNEP Calderaria
– VR: passa de R$ 6,50 para R$ 7 para Guarujá, Itanhaém e Atibaia
– Vigência: três anos (até 2010)
– Banco de Horas/Calderaria: a ser definido
– Plano de Saúde/Odontológico: a ser definido após assinatura do ACT
– Eleição de Representante Sindical: um representante com garantia de emprego em cada uma das seguintes cidades: Andradina, Três Lagoas, Dracena, Guarujá, Atibaia e Itanhaém
– Marcação de Ponto: reescrever a cláusula 9ª
– Banco de Horas: reescrever a cláusula 8ª

  Categorias: