Mais um acidente grave na Elektro

27 abril 18:24 2007

Um helicóptero contratado pela Elektro caiu no final da tarde da última quinta-feira (26) na região de Monte Aprazível, região de Votuporanga, durante trajeto em que dois eletricistas fariam inspeção aérea de linhas de transmissão. Na hora da queda, o helicóptero transportava os eletricistas Aparecido Morales Ferreira e Marcelo Gonçalves, além do piloto Eduardo.


Imediatamente após o acidente, dirigentes do Sinergia CUT já estavam na Elektro para acompanhar a apuração das causas, depois do resgate dos trabalhadores. Foram informados  de que os dois eletricistas já haviam sido transferidos para o hospital, feito os exames médicos necessários e não corriam risco de vida. O piloto ainda passava por avaliação médica mas também estava fora de perigo.


O Sinergia CUT também apurou que a Aeronáutica será responsável pela investigação dos eventuais problemas que provocaram a queda e, conforme compromisso firmado pela Elektro, deve acompanhar todo o processo de análise do acidente em comissão que deve se reunir após a liberação dos laudos, o que não havia acontecido o final da tarde desta sexta (27).


O helicóptero contratado pela Elektro pertence à mesma empresa que presta serviços à CTEEP, depois que a empresa de transmissão decidiu vender seus helicópteros e passou a contratar terceiras.


Enquanto acompanhava o desenrolar do grave acidente, o Sinegia CUT tomou conhecimento de vários problemas vividos pelos eletricistas de transmissão. As denúncias dão conta de que os trabalhadores se sentem abandonados e de que apenas dois engenheiros para ‘cuidar de oito regionais da Elektro é muito pouco’. É o que o Sindicato também quer apurar.

  Categorias: