Na CESP, mobilização aconteceu na quarta (27)

27 junho 10:18 2007

O expediente dos trabalhadores da CESP nos diversos locais de trabalho da base do Sinergia CUT começou mais tarde nesta quarta-feira, 27.  Os trabalhadores cruzaram os braços logo no início da manhã, por duas horas, para reivindicar avanços na Campanha Salarial que garantam um Acordo Coletivo justo e digno.  Cruzaram os braços os companheiros das localidades de Jupiá, Ilha Solteira e Porto Primavera.


A mobilização se fez necessária porque, além de começar tardiamente o processo negocial (foi a última empresa a abrir negociação), na segunda rodada ocorrida no dia 21 passado, a CESP jogou a proposta para baixo e sequer levou em consideração a pauta aprovada pelos trabalhadores.


A empresa encaminhou proposta de reajuste de 3,57% nos salários e benefícios, vigência de um ano para o ACT e a Cláusula de Gerenciamento de Pessoal resguardaria apenas 95% do quadro próprio. A proposta foi rejeitada pelo Sinergia CUT na mesa.


A próxima rodada acontece nesta quinta (28), às 14h. O Sinergia CUT espera que a CESP entenda a razão dessa Campanha Salarial e passe a negociar com mais seriedade e consideração para com aqueles que, no dia a dia, dedicam suas vidas ao trabalho na empresa.


Todos à luta por salário e renda, emprego e condições de trabalho, liberdade e autonomia sindical!

  Categorias: