Furnas: proposta aprovada

13 julho 09:23 2007

Os trabalhadores de Furnas da base do Sinergia CUT aprovaram, por ampla maioria, a proposta negociada com a direção da empresa sobre a pauta específica.


Portanto, está valendo o reajuste dos benefícios pelo índice do IPCA (3%) e a flexibilização da gratificação de férias para no mínimo 2/3, o que em Furnas reflete ganho para a maioria dos trabalhadores.


Quanto a possibilidade da implantação do ‘horário flexível’ nas áreas regionais e sobre o aproveitamento da  verba que seria destinada para correção do valor da função acessória, a empresa tem um prazo de 90 dias para apresentar estudos sobre os dois temas.


As cláusulas do ACT estão mantidas até a elaboração da Norma Interna e a criação de uma cláusula nova que irá permitir a transição destes tópicos para a norma. Detalhe: com as garantias hoje existentes.


Pauta Nacional
Vale lembrar que a Pauta Nacional  – que discute as cláusulas econômicas, sociais e institucionais – também já foi aprovada pelos trabalhadores. Estão garantidos reajustes dos salários acima da inflação (4,5%), abono, reajuste do tíquete, garantia de no mínimo 2/3 de gratificação de férias e manutenção das cláusulas sociais do Acordo vigente.

  Categorias: