Grupo Rede: PRR será de R$ 1.200, podendo chegar a R$ 1.380

01 agosto 19:16 2007

O valor da PRR 2007 foi o tema central da primeira reunião realizada entre representantes do Grupo Rede e dirigentes do Sinergia CUT na última segunda-feira (30), em São Paulo. A intenção do Grupo era que o valor pago no ano passado fosse corrigido  apenas pela variação da Receita Operacional Líqüida de 2006 ante 2005, índice que ficou em 15%. Assim, o valor total da PRR 2007 seria de R$ 1.150, com antecipação de cerca de R$ 350.


A contraproposta feita pelo Sinergia CUT foi de correção do valor também por um dos índices de inflação anual – algo em torno dos 4% – que totaliza uma PRR de R$ 1.200 para cada trabalhador. O Sindicato reivindicou também a antecipação de 50% desse valor  junto com o pagamento de agosto, no próximo dia 30.


Depois de debates e intervalos, o Grupo Rede concordou com a proposta de valor total da PRR em R$ 1.200, mas com uma antecipação de R$ 500 em agosto. O Sindicato reivindicou então que a antecipação seja paga junto com o vale quinzenal, no próximo dia 15. Os representantes do Grupo ficaram de avaliar e responder ao Sindicato ainda durante esta semana.


O RH do Grupo Rede informou que pretende adotar o índice de superação de meta – 20% para cada um dos cinco indicadores atingidos – o que pode aumentar o valor da PRR para até R$ 1.380. Adiantou também que pretende substituir o indicador IASC (Índice Aneel de Satisfação do Consumidor) por um indicador da Abradee (Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica).


Indicadores e metas serão discutidos e definidos em nova reunião, marcada para o próximo dia 15.


 

  Categorias: