Luz sobe 350% em 1 década

17 outubro 11:19 2007

Aumentos superaram a inflação do período, que foi de 196%


Na última década, os reajustes das tarifas de energia elétrica ficam  77% acima da inflação no período. Entre dezembro de 1996
até junho deste ano, as tarifas médias subiram 350%, enquanto a inflação medida pelo IPCA registrou variação de 196%.


O maior aumento foi para a indústria: 430% nesse intervalo, enquanto para o consumidor residencial o reajuste atingiu 283%.


Tomando-se o final de 2002 como ponto de referência, ou seja, a época do racionamento de energia, o aumento para o consumidor residencial atingiu 144% até junho deste ano, enquanto a indústria amargou aumento de 227% no mesmo período.


Nos últimos meses, a energia tem subido mais para a indústria, devido à falta de chuvas nos últimos três meses, conforme o Operador Nacional do Sistema Elétrico. Na primeira quinzena deste mês, por exemplo, as chuvas do Sudeste e Centro-Oeste ficaram 45% abaixo da média dos últimos 70 anos. Segundo dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, o megawatts/hora médio subiu para R$ 205, elevação de 19,44% na semana.

  Categorias: