CESP/Emae são do povo de SP! Todos contra as privatizações de Serra!

01 novembro 11:31 2007

Em continuidade à série de protestos contra o ataque ao patrimônio público promovido pelo governo Serra, na última terça-feira (30) a manifestação ocorreu logo cedo, em frente à sede da CESP/EMAE, em Pedreira, na cidade de São Paulo. O Sinergia CUT estava lá para conversar com os trabalhadores sobre a resistência que a categoria tem que fazer para evitar mais esse desmando do governo Serra.


Se você também é contra a exploração dos serviços essenciais à população por grandes grupos econômicos que trarão incontáveis conseqüências prejudiciais aos trabalhadores e à sociedade, entre nessa luta. Participe das manifestações!


O 3º ato ocorrerá na próxima terça-feira (06), às 12h, na sede do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), que fica à avenida Professor Almeida Prado, nº 532, na Cidade Universitária, em São Paulo.


Confira quais são as 18 empresas estatais que estão na mira da privatização:
 
No primeiro grupo estão a CESP, a Sabesp e a Nossa Caixa. A Bovespa, que negocia ações dessas empresas, estima um patrimônio somado de R$ 25 bilhões só nesse grupo.


No segundo grupo estão EMAE, Metrô, CDHU, CPTM (Metrô), Dersa e Cosesp.


Nove empresas formam o terceiro grupo: CPP, Cetesb, Prodesp, Imesp, EMTU/SP, CPOS, IPT, Codasp e Emplasa. Segundo cálculos de especialistas em mercado, a expectativa inicial do governo é alcançar cerca de R$ 30 bilhões.

  Categorias: